05/05/18
Suspeito é preso com 47 pedras de crack
Durante operação policial pelo bairro Parque Jardim Santanense, na tarde de 27 de abril, a PM abordou um indivíduo identificado como N.M.S., de 19 anos. Na busca pessoal no suspeito, foi encontrado em um de seus bolsos, 1 pino de cocaína. No momento da abordagem, a PM o encontrou saindo da residência de D.T.F., de 21 anos, conhecido no meio policial pelo envolvimento com tráfico de drogas.
Os militares realizaram buscas nesta residência e no morador D.T.F., localizando uma bucha de maconha, que se fracionada, renderia aproximadamente 30 cigarros da substância, uma balança de precisão, R$ 220,00 em dinheiro e 47 pedras de crack, embaladas separadamente e prontas para serem comercializadas.
Os autores foram presos em flagrante delito e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido.
Na tarde de 02 de maio, durante empenho operacional no Bairro Nogueira Machado em Itaúna, militares da 51ª Cia PM, avistaram uma grande movimentação em um imóvel situado à Rua Sidnei Drumond, para onde existem várias denúncias de tráfico de drogas. Na porta da residência, as equipes policiais militares avistaram dois indivíduos; um deles fugiu e o outro foi abordado e identificado como sendo um adolescente de 17 anos.
Foram realizadas buscas no imóvel, e encontrados pelos militares, 5 pedras de crack, embaladas separadamente prontas para serem comercializadas, 1 bucha de maconha, R$42,05 em dinheiro, 1 aparelho celular, cartões bancários e documentos. O menor foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil juntamente com os materiais apreendidos.
No mesmo dia, por volta de 18h20, no bairro Cidade Nova, os militares receberam informações de que indivíduos estavam traficando drogas no bairro. As equipes iniciaram rastreamento quando, à Rua Conceição Maria Campos, abordaram dois indivíduos identificados como F.L.R.F., de 27 anos e W.S.R., de 30 anos, já conhecidos no meio policial pelo envolvimento com o tráfico de drogas, de frente a residência de ambos.
Com a autorização da proprietária da casa, os militares realizaram buscas e localizando 39 pedras de crack enterradas no fundo do quintal.
Os autores foram presos em flagrante delito e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.