07/01/17
Corpo de jovem é encontrado em aterro sanitário em Itaúna
A Polícia Civil de Itaúna investiga a morte de uma mulher cujo corpo foi encontrado no aterro sanitário de Itaúna, no domingo dia 8 de janeiro.
O corpo era de uma jovem de 25 anos foi encontrado em estado avançado de decomposição em um aterro sanitário de Itaúna.
O marido da vítima, de 29 anos, foi apresentado como o principal suspeito do crime.
Segundo a polícia, familiares da vítima disseram que ela estava desaparecida deste o dia 4 e que era maltratada pelo marido de quem sofria sempre agressões e ameaças. O sofrimento da mulher já durava 8 anos e eles tinham dois filhos.
O homem confessou que depois de discutirem ele estrangulou a mulher até a morte. Ao delegado ele contou que matou em legítima defesa. Segundo seu depoimento na discussão ela tentou esfaqueá-lo e, para se defender, a estrangulou.
Em seguida, pegou com um carrinho de mão onde colocou o corpo da mulher e desovou no aterro sanitário.
Ele vai responder por  homicídio qualificado e por feminicídio, porque o crime aconteceu dentro da casa dela e ainda por ocultação de cadáver.