12-05-18
Toinzinho quer comissão sindicante para saber real situação da Prefeitura de Itaúna
Na reunião desta semana do Legislativo, Toinzinho (foto) se disse preocupado com o atraso no pagamento dos salários dos professores. Segundo ele, o prefeito teria sugerido em uma reunião que os professores rezassem uma Ave Maria para que o governo faça os repasses. Disse que não sabe o porquê dos salários estarem atrasados e citou vinte cidades da região que pagam seus salários em dia, cidades que não tem outros recursos além dos repasses de governo.
"O barco está afundando". Toinzinho disse que o prefeito deixou restos a pagar de 2017 para 2018 e que esta dívida vai crescendo a cada dia. "Se agente fala pensam que é picuinha, mas queremos é defender o servidor público que sofre por causa da má gestão".
Por fim pediu a instalação de uma comissão sindicante, supra partidária, sugerindo que com a vereadora Otacília, pelo seu conhecimento jurídico e de finanças fizesse parte. Disse que, pela primeira vez, nos seus 22 anos de política, recebe a notícia de que pode acontecer uma paralisação dos professores. "Todo mundo fala que devemos investir em educação, mas a gestão atual está fazendo justamente o contrário".
A vereadora Gláucia disse que toda semana alguém vem reclamar da administração municipal e que já passa da hora do prefeito Neider Moreira colocar os pés no chão, conversar com o povo e procurar fazer o que Itaúna precisa. Gláucia fala das conquistas que os vereadores, mas que a parte da Prefeitura nunca é feita e cita casos de academias ao ar livre que estão "jogadas" no canteiro de obras e de telhas que conseguiu junto à J. Mendes e que não tem quem monte. Reclamou que Neider não atende os vereadores nem por telefone. "É este o prefeito que todo mundo esperou?". Pediu que o prefeito receba todos os vereadores para conversar. E lembrou a Praça da Estação que tem projeto de revitalização, mas que até hoje não foi colocado em prática. "Quebrou os bancos da Praça da Estação e jogou fora. Esqueceu que lá existe?"
Chamou os colegas para irem todos juntos na Prefeitura, mesmo sem ser convidados para oferecer, novamente, ajuda ao prefeito.
A vereadora Otacília Barbosa acompanhando os colegas se mostrou preocupada com a situação da cidade. Disse que não sabe mais onde foca seu trabalho. Se na folha de pagamento que está muito acima do que deveria estar, se no atraso de pagamento aos fornecedores, se no concurso que não resolve de jeito nenhum e na continuada contratação de pessoas. "Esta faltando administração, está faltando gestão pública. Estamos passando por um caos na Prefeitura". Disse que sabe de uma ordem para que nenhuma indicação sua seja atendida, "indicações para atender as necessidades do povo". Mas elogiou um secretário, o de Esportes, Gustavo Barbosa, que "tem feito um excelente trabalho".
Toinzinho concordando com Otacília com relação ao inchaço da Prefeitura, disse que recebeu uma "notícia bastante agradável": mais uma contratação, de uma "estrangeira", na assessoria de comunicação. "Será que Itaúna não tem mão de obra, gente precisando trabalhar?".
A vereadora Márcia Cristina disse que foi um engano acreditarem que haveria melhoras no setor da saúde. Disse que todos os dias tem reclamação na área da saúde e falou da sua preocupação com a fila única para a realização de exames. Contou que só de ultrassom são mil pessoas na fila. "São exames que não dá para esperar um ano, porque os médicos precisam fechar o diagnóstico do paciente".