19/05/18
Obras das creches dos bairros Cidade Nova e Santa Edwiges serão retomadas 
Novas concorrências foram feitas para a retomada das construções das creches dos bairros Cidade Nova e Santa Edwiges. A assinatura do contrato entre as empreiteiras Lopes e Rocha Engenharia e Construções Ltda, a Maio Cinco Construções e Empreendimentos Imobiliários Eireli e a Prefeitura de Itaúna foi na terça-feira, 15 de maio.
Durante a reunião, realizada no Gabinete da Prefeitura, o prefeito Neider Moreira e a secretária de Educação Alexandra Nogueira insistiram para que os cronogramas sejam cumpridos pelas empreiteiras para beneficiar cerca de 240 crianças e suas famílias.
As obras foram iniciadas entre 2013 e 2014, mas permaneceram paralisadas por longo período, sendo até abandonadas pelas construtoras responsáveis.
Uma nova empresa assumiu os trabalhos em 2017, no entanto, também não deu prosseguimento.
O prefeito Neider Moreira reforçou o empenho da atual gestão para que as unidades sejam concluídas e inauguradas.
"Os moradores do 'Cidade Nova' e 'Santa Edwiges' dependem muito dessas obras. Hoje, as mulheres têm empregos e contribuem com a renda familiar. A rede municipal conta com creches próprias e também com instituições conveniadas, que recebem subsídios e também fazem um trabalho brilhante, em parceria com a Prefeitura. Mas, é preciso ampliar o número de vagas disponibilizadas", afirmou o prefeito.
Os recursos financeiros para as obras virão do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação - FNDE, por meio do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil - Proinfância. Os investimentos são de aproximadamente R$ 2,7 milhões.
Devido aos atrasos e abandono das obras, desde 2014, as construções se tornaram alvos de vandalismo e materiais foram roubados, com prejuízos significativos. Para garantir a conclusão do projeto, o Município terá de arcar com parte da despesa para execução do projeto.
 
Santa Edwiges
No bairro Santa Edwiges o que foi construído terá que ser demolido. Já foram gastos R$ 252. 171 ,02 na obra. A empresa contratada, a Maio Cinco Construções e Negócios Imobiliários Eireli vai fazer a demolição deixando apenas a fundação.
Os problemas estruturais são muitos. Os pilares de sustentação estão esfarelando, como mostra um vídeo feito no local, fazendo perceber que a construção não tem a resistência mínima, o que coloca em risco a segurança das crianças. Além da massa deficiente utilizada na alvenaria, suspeita-se que a ferragem também esteja fora dos padrões exigidos pelo Ministério da Educação.
A obra vai custar R$ 1.547.718,95.
 
Cidade Nova
A creche do bairro Cidade Nova já tem 40% da obra executada e uma vistoria contratada pela Prefeitura de Itaúna atestou as boas condições para sua continuidade. A contratada para finalizar a construção é a Lopes e Rocha Engenharia e Construções Ltda, ao custo de R$ 1.077.512,69.
O prazo estabelecido para a conclusão e entrega das creches é de nove meses.