19/05/18
Biografia lançada no Espaço Cultural destaca história da educação infantil em Itaúna
Escritor José Silvério aborda a trajetória da mãe, Dona Graciana, no Magistério
Lançar uma biografia cheia de grandes recordações. Essa foi a proposta do escritor José Silvério Vasconcelos Miranda, ao iniciar a obra “Dona Graciana”, por meio da qual presta homenagem à mãe e destaca a contribuição dela para a área da Educação em Itaúna. O livro, composto por 150 páginas, conta toda a trajetória dessa mulher, desde o nascimento até os resultados do trabalho que desenvolveu em prol do segmento na cidade.
"Gratas recordações da minha vida profissional. Meus filhos, vejam como fui feliz no Magistério! G.C. Miranda". São exatamente essas as palavras expostas na capa da publicação, deixadas por Dona Graciana Coura Miranda, em uma caixa antiga com todas as lembranças da época em que atuou como educadora.
José Silvério só teve conhecimento desse conteúdo muito tempo depois da morte da mãe, que faleceu aos 83 anos, em 1997. Foi assim que ele teve a ideia de homenageá-la, contando as histórias que tanto a encheram de orgulho.
Dona Graciana chegou a Itaúna em 1951 e trabalhou inicialmente como diretora na Escola Souza Moreira, em Santanense. Ela contribuiu consideravelmente com a criação da Escola Infantil Ana Cintra, em 1956. E também trabalhou por 25 anos como professora na antiga Escola Normal, hoje Escola Estadual de Itaúna.
A solenidade de lançamento da biografia e noite de autógrafos serão neste sábado, 26 de maio, a partir das 20h, no Espaço Cultural Adelino Pereira Quadros. O endereço é rua Antônio Corradi, 55, Centro. A entrada é franca. Mais informações pelo telefone 3243.6425.