20/05/17
Legislativo discute atraso nas obras da MG 050
O Legislativo itaunense recebeu na última reunião, dia 16 de maio, o especialista em políticas públicas de gestão governamental da Secretaria de Transportes do Estado, Leonardo Nunes de Souza.
Ao cumprimentar o convidado o vereador presidente, Marcinho Hakuna, falou da falta de compromisso da empresa Nascentes das Gerais que enviou e-mail dizendo que não podia comparecer à audiência pública marcada para uma semana antes. Marcinho disse que era de se esperar esta atitude que chamou de irresponsável, e que depois de tanta publicidade sobre a PPP - Parceria Pública Privada quando foi lançada, esperava-se que trouxesse benefícios, "o que não aconteceu". No mesmo dia era discutido na Assembleia, um novo cronograma para as obras da MG 050 que estão atrasadas.
Leonardo se mostrou bastante técnico em sua explanação sobre o assunto. Disse que conhece a rodovia antes e depois da PPP e que não há de se falar se melhorou ou piorou e sim o quanto melhorou diante do que se paga pela rodovia.
O vereador Toinzinho perguntou sobre a a previsão de duplicação da rodovia nos trechos entre as cidade de Mateus Leme, Itaúna e Divinópolis e sobre construção da passarela entre os bairros Várzea da Olaria e Piaguassu.
Sobre a duplicação Leonardo lembrou que a licitação realizada em 2014 acabou suspensa por causa de vários questionamentos, entre eles do Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. Mas um indicador de nível de serviço, que acusa quando e qual trecho tem a necessidade de obras, está em vigor, mas não se pode afirmar que todo o trecho, de Betim até Divinópolis receberá duplicação, mas onde tiver um trecho crítico para o tráfego vai acontecer alguma intervenção. Sobre a passarela no bairro Piaguassu e Várzea da Olaria terá início em agosto deste ano e término em janeiro de 2018.
O vereador Anselmo perguntou sobre a cobrança de pedágio, preocupação também do vereador Toinzinho que falou em isenção da taxa para moradores que moram entre as cidades e que usam a rodovia mais de uma vez por dia, todos os dias.
Leonardo respondeu que é possível, mas que argumentos eficientes das demandas devem ser formalizados.
 
Projetos votados
PLO 34 2017 que cria os endereços ecológicos para novos loteamentos que teve adiamento pedido pelo vereador Antônio de Miranda.
PLO 52 2017 que institui o programa "Adote uma Escola", aprovado.
PLO 54 2017 que cria o dia da defesa animal que recebeu pedido de vistas pelo vereador Iago Souza.
PLO 59 2017 - PLO 63 2017- PLO 64 2017 e PLO 65 2017 que denominam as ruas "Padre Nilo Caetano", "Levy da Cruz dos Santos", "Waldemar Camilo Rodrigues", e "Jaime Nogueira Rodrigues", todos aprovados.
 
Rodovia MG 050 também é discutida na Assembleia
O prefeito Neider Moreira participou da reunião na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, na terça-feira, 16 de maio, para tratar dos atrasos nas obras na MG 050 pela Nascentes das Gerais.
Neider lembrou os prejuízos causados aos usuários da MG-050 pela demora das intervenções e reforçou a cobrança por medidas mais eficazes do governo de Minas Gerais, no acompanhamento da execução do projeto. "Precisamos que o Estado aja com mão firme para que os prejuízos causados pelos atrasos que vivenciamos não voltem a se repetir. Ninguém quer pagar pedágio e desenvolver uma velocidade de 30 km/h ou 40 km/h, na rodovia. E as obras paralisadas causam esse transtorno, além de não ter sido ampliada a capacidade de circulação que a rodovia já deveria ter", afirmou.
Assim como o representante da Secretaria de Obras do Estado, Leonardo Nunes, afirmou naquele mesmo dia na Câmara, o trecho entre Itaúna e Divinópolis não será duplicado. Para o prefeito é uma grande falha da PPP porque o trecho é o de maior tráfego da MG-050.
Neider cobrou a duplicação da ponte e da rodovia no trevo de acesso à cidade pelo bairro Santanense; melhorias na entrada do Distrito Industrial; e a retomada da iluminação retirada de parte da estrada para a realização de intervenções. As reivindicações de Neider foram apoiadas pelo deputado Agostinho Patrus Filho, que reforçou a necessidade da construção de passarelas e instalação de luminárias no perímetro urbano de Itaúna.
A concessionária se comprometeu com a execução dessas benfeitorias no novo cronograma, apresentado durante a reunião.