20/05/17
Cemig tem lucro líquido de R$ 343 mi no 1º trimestre de 2017
A Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig registrou lucro de R$ 343 milhões no primeiro trimestre deste ano, valor quase 70 vezes superior em relação ao obtido no mesmo período do ano passado. A empresa registrou, ainda, uma geração de caixa, medida pelo Lucro antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Lajida), de R$ 1,1 bilhão, um aumento de 70% se compararmos aos três primeiros meses de 2016, além de uma receita líquida de 4,8 bilhões, uma alta de 8,07%.
O lucro da Cemig foi impactado, principalmente, pela venda de energia na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que teve um crescimento significativo, passando de R$ 2,6 milhões no primeiro trimestre passado para R$ 226,6 milhões nos três primeiros meses deste ano.
De acordo com o diretor-presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, "apesar do momento econômico difícil vivido pelo país, a companhia tem se esforçado para diminuir as despesas operacionais, além de implementar programas para diminuir a inadimplência dos consumidores e ações para combater os furtos de energia", destaca. Desde o segundo semestre do ano passado, a companhia tem intensificado o combate às ligações irregulares e clandestinas nos 774 municípios de sua área de concessão. Além disso, a Cemig finalizou recentemente a Campanha de Negociação de Débitos que buscou a regularização das pendências financeiras dos seus clientes.
No primeiro trimestre deste ano, a Cemig teve uma redução de R$ 73 milhões na despesa financeira referente à variação monetária de empréstimos e financiamentos em função da variação do IPCA, que teve uma redução significativa de um ano para cá, passando de 2,62% no ano passado para 0,96% de janeiro a março deste ano. Em relação ao gasto com pessoal, a Cemig teve uma economia de 7,78%, passando de R$ 413 milhões para R$ 381 milhões.