20/05/17
Reunião vai discutir ações de segurança pública na cidade
O Conselho de Segurança Pública de Itaúna e a Associação de Segurança Pública de Itaúna se reúnem no gabinete do prefeito Neider Moreira no próximo dia 22 de maio, segunda-feira, às 10 horas. Serão discutidas ações para melhorias na segurança pública da cidade.
As associações enviaram ao jornal um texto onde detalham a corresponsabilidade na segurança pública entre os governos.
 
"Um breve relato sobre a corresponsabilidade na segurança pública
O artigo 144 de nossa Constituição estabelece que a segurança pública é responsabilidade dos estados, a quem cabe organizar e manter as polícias civil e militar. Apesar disso, a questão da segurança sempre vem à tona em época de eleição, mesmo quando se trata de um pleito municipal. As prefeituras têm poderes limitados para atuar em segurança. Mas, com criatividade e empenho, é possível trabalhar junto com os governos estaduais e federal para proteger seus cidadãos.
Devido às características de sua atuação, as prefeituras têm a possibilidade de, por meio de políticas sociais, trabalhar no combate às drogas nas escolas, fonte de grande preocupação para pais e educadores. Algumas experiências país afora mostram que a incidência de problemas com drogas é menor naquelas escolas onde há os programas de jornada ampliada, com atividades extraclasse como aulas de esportes, atividades de leitura, teatro, etc. Não há dúvida que essas ações precisam permanecer recebendo toda a atenção por parte da prefeitura e das organizações sociais cujas atividades complementam esse esforço.
Os governos municipais podem contribuir bastante para a segurança pública com ações de ordem pública, como a organização de espaços públicos. Com calçadas mais limpas e organizadas, com o comércio popular padronizado e com espaços definidos há menos espaço e oportunidades para atividades de assaltantes e batedores de carteiras. O mesmo se aplica para os mercados públicos e outras áreas de grande movimento como terminais de ônibus, estádios de futebol e outros locais sedes de eventos. As ações de ordem pública talvez estejam entre as mais necessárias e difíceis para qualquer governo. Uma parte da população ainda enxerga o espaço público como "terra de ninguém" e entende que ele pode ser ocupado por qualquer um, de qualquer forma.
A iluminação pública também contribui bastante para dar a sensação de segurança, pois lugares bem iluminados são hostis para criminosos, iluminar uma cidade é um trabalho contínuo e sempre há a necessidade de ampliar a rede, à medida que a cidade cresce.
A vigilância e conservação de praças e parques, também a cargo das prefeituras, são importantes atividades para a segurança das áreas em seu entorno. Um parque malconservado e/ou sem vigilância pode transformar um espaço de lazer em uma ameaça à comunidade circunvizinha.
Por fim, as câmeras de monitoramento, sejam de trânsito sejam de circulação de pessoas, são a mais nova ferramenta à disposição dos governos municipais no combate à criminalidade. A cada dia que passa essas câmeras têm ajudado as polícias civis e militares em todo o Brasil a elucidar e, portanto, prevenir crimes. Com essas e outras ações, as prefeituras, em parceria com a sociedade civil organizada, podem dar sua contribuição para combater os graves problemas de segurança pública que enfrentamos hoje.
Sua participação é muito importante para melhorar a segurança em nossa cidade."