21/04/18
Coopert é destaque no filme Catadores do Futuro
Já reconhecido em todo o território nacional e até mesmo no exterior, o trabalho desenvolvido em Itaúna para melhorar a destinação dos resíduos ganhou ainda mais destaque com o filme "Catadores do Futuro", lançado em 2018. A produção, que tem como estrelas principais os integrantes da Cooperativa de Reciclagem e Trabalho – Coopert – é um dos resultados do Prêmio Caixa Melhores Práticas em Gestão Local, conquistado pela entidade, em novembro de 2017.
A Coopert foi uma das dez organizações contempladas, em todo o país, com o Prêmio Caixa Melhores Práticas, que chegou à décima edição, sob a inspiração do Best Practices and Local Leadership Programme ONU/Habitat, o escritório regional da Organização das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos na América Latina e Caribe. As propostas, aprovadas após avaliação de comitê formado por 11 especialistas, concentram trabalhos nas áreas de habitação, meio ambiente e saneamento, desenvolvimento, inclusão e ação social. Além do filme, a instituição itaunense recebeu troféu, certificado e divulgação no catálogo da Caixa.
O vídeo, que foi exibido publicamente pela primeira vez em Itaúna durante o encontro promovido pela administração municipal com os servidores da Prefeitura, na quarta-feira, 11 de abril, no Teatro Sílvio de Mattos, conta a história de sucesso da Coopert, a partir da visão dos próprios catadores e de representantes do poder público, que teve papel fundamental nos resultados alcançados pela entidade, que hoje conta com mais de 70 cooperados e consegue reaproveitar mais de 23% dos resíduos coletados em toda a cidade, garantindo dignidade para muitas famílias.
"Cada membro consegue um salário mensal de aproximadamente R$ 2,4 mil, valor significativo tendo em vista a renda média do país. E, com um trabalho que antes era totalmente informal e alvo de muito preconceito.
A presidente da instituição, Maria Joana Oliveira, lembra a mudança na história dos cooperados, a partir do planejamento e parcerias, como a que foi firmada com a Prefeitura de Itaúna. "Tivemos melhorias significativas, que permitiram condições adequadas de trabalho e, assim, pudemos fazer o diagnóstico e assumir a coleta dos secos, com aumento dos ganhos para todos os envolvidos", frisa. A entidade foi fundada em março de 1999, sob a liderança de Maria Madalena Duarte, que segue como uma das principais representantes do movimento dos cooperados em todo o país. O filme "Catadores do Futuro" está disponível na página da Prefeitura de Itaúna, na rede social Facebook.