23/06/18
Belgo-Mineira Bekaert anuncia expansão e investimento de R$ 107 mil em Itaúna  
A Belgo-Mineira Bekaert Artefatos de Arame (BMB) vai implementar um plano de expansão em sua unidade de Itaúna. O valor do investimento é de R$ 107 milhões para os próximos três anos e a perspectiva é que o projeto gere cerca de 200 postos de trabalho diretos e indiretos na região. A meta é elevar a capacidade de produção de Steel Cord (cabos para reforço de pneus para carros e caminhões) em 35%.
O plano prevê a instalação de uma nova linha de latonagem (cobertura do arame com camada de latão), máquinas de trefilação e cablagem, assim como respectiva infraestrutura. "A estratégia de expansão tem o objetivo de fortalecer a nossa posição de liderança no segmento e ampliar a atuação da companhia no mercado latino-americano, através da ampliação da nossa capacidade de produção e aprimoramento da tecnologia dos nossos processos e equipamentos", aponta Ricardo Garcia, diretor-presidente da Belgo Bekaert (BBA e BMB). De acordo com Garcia, a iniciativa visa, ainda, a busca pela excelência operacional, a sinergia com as demais plantas industriais da BMB e o alcance de maior competitividade.
Segundo Luiz Mariani, diretor da BMB, a primeira fase do licenciamento - que consiste na transformação de Itaúna em uma planta industrial integrada - já foi aprovada pelos órgãos responsáveis e a intenção é realizar a licitação para início das obras previstas para o início do 2º semestre de 2018. "Serão instaladas novas máquinas produzidas pela Bekaert Engenharia e respectiva infraestrutura", explica.
ArcelorMittal e Bekaert: parcerias no Brasil
A Bekaert e a ArcelorMittal operam atualmente dez fábricas no Brasil, por meio de parcerias, nas quais a produtora de aço detém participação majoritária. Na Belgo Bekaert Arames (BBA) estão incluídas as unidades de produção de arame de aço em Contagem (MG), Sabará (MG), Osasco(SP), Hortolândia (SP) e Feira de Santana (BA) e a divisão acionária é de 55% para ArcelorMittal e 45% para Bekaert. Já na Belgo Mineira Bekaert Artefatos de Arame (BMB), a parceria abrange as plantas de produção de steel cord de Itaúna (MG), Vespasiano (MG) e Sumaré (SP). A Bekaert possui 44,5% e a ArcelorMittal detém 55,5% das ações.