24/06/17
Fundador do método Apac participa de formatura de voluntários em Itaúna
Daiane Barbosa
O curso de formação de voluntários do método Apac foi encerrado no dia 10 de junho, quando 80 pessoas que concluíram o curso, ouviram o voluntário Adilson Raimundo de Souza sobre seus conhecimentos sobre o método.
O Curso de Formação de Voluntários do Método APAC é de extrema importância, principalmente na ressocialização do recuperando na sociedade. O estudante de Psicologia, Eduardo Magela da Silva, disse que gostou muito dessa oportunidade e que já pretende atuar como voluntário. "O curso é extremamente bacana e rico em informações sobre o método. A APAC é um divisor de águas, pois dá o preso a oportunidade de cumprir a pena com dignidade. Quero atuar como voluntário na APAC de Itaúna em diversas áreas, para poder também ajudar em minha cidade natal, que é Divinópolis, onde a APAC ainda está em construção", comentou.
Já no final da cerimônia, todos tiveram uma enorme surpresa; a chegada de Dr. Mário Ottoboni na entidade . Em meio a aplausos, Dr. Mario foi recebido pelo presidente da APAC, Evangelista Lopes, recuperandos, funcionários e voluntários. Dr. Mário conversou um pouco com todos e, em seguida, foram entregues os certificados.
O curso
O curso de formação de voluntários é realizado todos os anos na APAC Masculina de Itaúna e é aberto para maiores de 18 anos. O voluntário e sua formação faz parte dos 12 Elementos Fundamentais do método APAC.
"O trabalho da APAC é baseado no amor ao próximo e nada, absolutamente nada, substitui o trabalho dos voluntários, que por, meio de gestos concretos de caridade, revelam aos recuperandos o amor gratuito, constante e incondicional."