24/06/17
Vereadores questionam atuação da Procuradoria do Município e cobram diálogo
O vice-presidente da Câmara, Giordane Alberto (PMDB), abriu a série de questionamentos dos parlamentares sobre o número excessivo de vetos que a Prefeitura tem apresentado a projetos aprovados na Casa.
O estopim da cobrança foi o veto a um artigo do projeto que institui o Programa Municipal Adote uma Escola, de autoria do vereador Iago Souza (PP), que propunha a possibilidade de publicidades para as empresas que adotassem uma escola no município.
O vereador Joel Arruda (PSD) tentou pedir vistas para, segundo ele, tentar um diálogo entre as partes e evitar o desgaste político. Porém o pedido, assim como o veto, foi derrubado pelos parlamentares.
 
Câmara concede homenagens
A equipe municipal que atendia o SAMU - Serviço de Atendimento Médico de Urgência- , foi homenageada pelos vereadores. Com a regionalização do serviço parte da equipe foi dispensada, e a vereadora Márcia Cristina Silva Santos (PP) fez questão de homenagear todos os servidores, entregando uma moção de aplausos. "Aqui está um reconhecimento não apenas da Câmara, mas de toda a população itaunense", disse.
Além da entrega, a Câmara aprovou moção de aplausos para o Projeto Corpo e Alma, diploma de mérito esportivo para Adilson Pereira Matos e concedeu título de cidadania honorária para Zélia Rodrigues Fagundes, Marcílio de Assis e para o delegado Jorge Antônio Pereira.
 
Criação de Feira de Artesanato e agricultura familiar
O vereador Joel Arruda (PSD) quer retirar do papel a "Feirarte". A feira seria destinada a produção artesanal e a venda de produtos produzidos por pequenos agricultores. "O projeto é muito bom. Espero que o Executivo encaminhe logo para a apreciação desta Casa. Teremos um espaço para as pessoas divulgarem sua arte, para os pequenos agricultores venderem seus produtos e uma opção de lazer para a comunidade. É a oportunidade que muitos aguardam".
O vereador Antônio de Miranda (PHS) endossou as palavras e disse que o projeto é importante para o município.
 
Iluminação pública
A iluminação pública também foi debatida pelos vereadores. O presidente da Câmara, Marcinho Hakuna (PSD), informou que Itaúna tem um superávit na Contribuição de Iluminação Pública (CIP), mas a Prefeitura ainda encontra dificuldades para gerenciar a iluminação. "O Ministério Público recomendou encerrar o contrato com a empresa anterior. E a nova empresa, encontra dificuldades em comprar o tipo de lâmpada previsto no contrato. Estão buscando uma solução para este problema" esclareceu.
Em relação a iluminação do trevo, Antônio de Miranda (PHS) disse que a gestão anterior deixou um projeto engatilhado para a instalação. "Se a administração não quiser utilizar, que faça um novo projeto e que isso seja feito o mais rapidamente possível".
 
Canal da Prainha deve passar por limpeza
O líder do prefeito na Câmara, Hudson Bernardes (PSC),comunicou que o Executivo estuda a limpeza do canal da prainha. O objetivo é evitar as enchentes que vem ocorrendo no local. Os recursos estão sendo captados junto ao Ministério da Integração Nacional.