29/04/17
Agendamento de consultas e exames na Policlínica passa a ser na parte da tarde
A Secretaria de Saúde mudou o horário de agendamento de consultas e exames já para a próxima terça-feira, 02 de maio. Os procedimentos deverão ser marcados a partir das 15h30, na Portaria 2. A mudança no sistema pretende garantir mais conforto e segurança para quem busca atendimento na rede pública, e que na maioria das vezes passava a noite na fila.
Com a alteração, a Secretaria Municipal de Saúde espera melhorias significativas na marcação de raio-x e ultrassonografia, além das consultas com clínico geral, pediatra e ginecologista, evitando que as pessoas tenham que sair de casa ainda no escuro. Para as demais especialidades oferecidas na Policlínica, é preciso apresentar encaminhamento do médico da unidade de Estratégia de Saúde da Família mais próxima de casa.
O secretário da pasta, Fernando Meira de Faria disse que foram estudadas várias opções para atender com mais eficiência a população.
 
Avanços na Saúde
A Secretaria vem fazendo muitas modificações deste o início deste ano.
Em fevereiro foram contratados mais médicos para a equipe da Policlínica Doutor Ovídio Nogueira Machado, reforçada em 11 especialidades (Dermatologia, Otorrinolaringo-logia, Cardiologia, Obstetrícia, Ginecologia, Endocrinologia, Pediatria, Oftalmologia, Ortopedia, Psiquiatria, Cirurgia Geral). Há áreas que nunca tiveram cobertura na cidade, que agora conta com reumatologista, antiga reivindicação da sociedade, e profissional para realização e acompanhamento das ultrassonografias.
No Pronto Socorro, seis neurologistas estão trabalhando em regime de plantão 24 horas desde o dia 06 de março.
A Secretaria de Saúde iniciou também os estudos para a reestruturação do Laboratório Municipal e espera a chegada para a semana que vem de materiais e equipamentos para ampliar o acesso aos exames oferecidos pela rede pública. Entre os projetos, está também o credenciamento do Município para a instalação do Serviço de Assistência Especializada – SAE. A finalidade é aumentar a atenção aos portadores de Infecções Sexualmente Transmissíveis – IST, como HIV, sífilis, hepatite, entre outras doenças infectocontagiosas, tornando Itaúna um Centro Regional de Atendimento. O pedido foi apresentado ao Estado, que enviou equipe para vistoria técnica na Policlínica Doutor Ovídio.