29/04/17
Osmando interpela Marcinho Hakuna judicialmente
O presidente da Câmara Marcinho Hakuna iniciou sua participação no Pequeno Expediente, chamando a atenção do vereador Lequinho "estou desconfiado que o sô Osmando esteja sofrendo de algum mal, talvez a cabeça pesada, consciência pesada".
Marcinho disse que recebeu uma interpelação judicial criminal por causa de um post no seu perfil do Facebook no dia 22 de setembro de 2016 onde escreveu: "tenha respeito pela coisa pública... Nesta semana haverá choro e ranger de dentes". A citação teria sido o suficiente para uma interpelação por parte do ex-prefeito que entendeu que seu post afirmava que supostamente haveriam irregularidades no serviço público, "uma vez que deve-se ter respeito com a coisa pública". Segundo a interpelação o ex-prefeito se sentiu ameaçado com a frase "haverá choro e ranger de dentes".
O vereador Lequinho questionou porque Marcinho o citou no início da abordagem do assunto, e Hakuna respondeu que pelo fato do vereador ser líder o PSDB, mas Lequinho explicou que Osmando hoje não faz parte do diretório do partido e pediu ipsis litteris da fala do vereador presidente.